PROFISSÃO A SE SEGUIR

Quando você chega em uma determinada época da sua vida, normalmente quando começa o ensino médio, todos e até você mesmo se cobra para saber qual profissão deve escolher. Para uns, é a coisa mais fácil do mundo dizer “vou seguir tal profissão” ou “não vou estudar, vou viajar/trabalhar/fazer intercâmbio” e outros fogem só em ouvir falar do futuro pós ensino médio. Seria tão bom se todos fossem tão esclarecidos e determinados em dizer que vai fazer isso e aquilo sem hesitação e mudança de panos.


Mas por que tantas dúvidas? Por que é tão difícil saber o que você gosta e se da bem em fazer? Por incrível que pareça a maioria dos jovens tem medo e dúvida em apostar num futuro próximo que decide o rumo da sua vida. Muitos sofrem pressão de seus familiares e ficam com aquela sensação de que não podem errar de jeito nenhum. Mas por que não poder errar? Será mesmo que todas as pessoas que escolheram suas profissões não erraram em nenhuma parte?

Temos que pensar que a vida é feita de escolhas, mas essas escolhas podem ser mudadas independente da idade. Muitos costumam dizer que a vida é um jogo de loteria e que em quase 90% das vezes o bilhete não está premiado e seus jogadores tem que aceitar esse rumo frustrado. Para começar não existe essa de “bilhete premiado”, são escolhas.

Suas escolhas decidem seus caminhos, cada ação tem a sua reação. O que você tem que ter em mente é: o seu gosto, independente do que as pessoas falam sobre isso a vida é sua e ninguém pode opinar nela, nem mesmo seus pais. Pense nas coisas que você gosta, pense no que você gostaria de fazer num futuro. Muitas profissões que por ventura você pensar em se arriscar seus familiares dirão que ganham pouco, que você vai passar fome, que isso não é emprego certo… gente, ignora. Seus pais terão que aceitar o seu futuro por suas decisões.

Muitos ficam no vitimismo, se lamentando da vida profissional porque escolheu tal curso por culpa de seus pais, mas se esquecem que a vida não é dos pais e a responsabilidade é ultramente individual. Escolha aquilo que você quer. Se você estiver com medo, vai com medo mesmo, o que indica teu salário, teu futuro bem sucedido são suas ações de agora e se por acaso você tiver 60 anos e desistir de seguir a profissão que você escolheu com 18 anos lembre-se que nunca, NUNCA é tarde demais para recomeçar. Nunca.

Recapitulando:

1. Não tenha medo de arriscar.

2. Não ligue para o que os outros vão falar.

3. Defina seu curso (ou se você não vai fazer curso, enfim)

4. Vá em frente!

O segredo da vida é arriscar sem medo de errar, e se por acaso errar tente de novo, tente outra vez, continue com fé me você. Não liga para as opiniões alheias o bom profissional que decide o preço do seu salário e a vida fica muito mais feliz quando você está no controle! Livre-se dos maus pensamentos e vá com fé, se cair, levante! Eu confio em você 🙂

Beijão, beijão.

 

Viviane A.

Anúncios

2 comentários em “PROFISSÃO A SE SEGUIR

  1. Adorei o post!
    Só acrescentaria uma coisa como 2º regra na parte de recapitulando:

    2º Não fale dos seus planos e ideias futuras com ninguém, pois a chance de dar tudo errado depois que você falar para alguém só aumenta. (Falo isso por experiencia própria, a maioria das coisas que tentei fazer depois de ter falado pra várias pessoas, não deu certo.)

    Beijos e parabéns pelo blog!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s