Detalhes

Nas coisas mais simples estão os mais verdadeiros modos de amar. Não são palavras, mas sim gestos do cotidiano que dirão o que você sente, quem você realmente é. O amor é expressado de forma involuntária, sem alarmes, sem chamar atenção, sem alardes. O amor está nos atos mais imperceptíveis; calmo e manso são os atos daqueles que sabem amar e que as vezes nem sabem que amam.

Refletindo sobre a vida, percebi que nada pode ser levado tão a sério a não ser nossos sentimentos. E só nós mesmos podemos alterar isso com força e determinação. Não é válido esperar dos outros um caminho para se sentir menos sozinho, mais amado, mais feliz. É válido achar em si o amor que as outras pessoas não souberam cuidar.

A preocupação em demonstrar o amor é a pior forma de amar. A pessoa descobre sozinha que está sendo amada, ou nem percebe mas sente no fundo do seu coração, mesmo que esse fundo esteja escondido. Não tente estampar o seu amor a cada palavra, se torna enfadonho e repetitivo.

Pedir o amor de alguém é a pior forma de ser amado. Não se pode cobrar sentimentos que não são verdadeiros, não dê amor esperando algo em troca. Não se jogue aos pés implorando afeição. Implore respeito das pessoas e tenha amor próprio. Para ser amado, ame-se primeiro.

Antes de querer amor, ame as pessoas. Você recebe o que planta; plante o amor para que ele seja colhido em seu jardim da vida. Talvez essa colheita não te agrade no começo, porque o amor pode ser colhido de outras formas. Talvez você amou uma pessoa e recebeu em troca o amor de outra, mas amor por amor, tudo é amor e é o melhor sentimento do mundo.

Sorria para seu vizinho, ajude sua avó a carregar as compras, ajude um colega de escola ou de trabalho, mande uma mensagem inesperada para alguém, não julgue as pessoas, dê bons conselhos ou se cale se não há nada de bom para falar… são esses detalhes que mudam nossas vidas.

Se o mundo tivesse mais amor, talvez seria tão melhor. O amor muda as pessoas de uma forma tão devastadoramente boa, esse sentimento é capaz de alterar e salvar um coração frio e cinzento que está a beira da morte emocional, sem rumo e sem esperança. Espalhe o amor aos poucos e ensine as pessoas a seu redor a amar. Com um pinguinho de amor, podemos sim mudar o mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s